você está lendo...
Grappindica

DELIVERY SUSTENTÁVEL

Bikers da Carbono Zero Courier. Crédito: Ricardo Lisboa

Bikers da Carbono Zero Courier. Crédito: Ricardo Lisboa

Conheça o serviço de entregas por bicicletas

Diariamente são emitidas toneladas e mais toneladas de dióxido de carbono (CO²) no país. Em São Paulo, onde a frota de veículos é de 5,4 milhões – uma média de um carro a cada duas pessoas – cada veículo é responsável por jogar no ar cerca de 1,7 tonelada por mês. Porém, uma nova proposta para entregas de mercadoria pode reduzir esse índice: são as chamadas entregas sustentáveis realizadas por bicicletas.

De acordo com a Carbono Zero Courier, uma pedalada de 14 km pode deixar de emitir mais de 1 kg de CO² na cidade. A empresa foi criada em 2010 pelos irmãos Danilo e Rafael Mambretti que almejavam uma empresa com conceitos e práticas diferentes. “Nenhum de nós éramos apaixonados por bicicleta ou esportistas, mas tínhamos o desejo de desenvolver um projeto com impacto positivo no nosso planeta e que inspirasse outras pessoas”, explica Rafael.

Nós últimos três anos outras empresas foram surgindo na cidade com o mesmo propósito. Uma delas é a Courrieros, implantada em 2012, mas segundo Victor Navarro, um dos sócios do empreendimento, sua inspiração veio em 2011. “Tive a ideia de criar a Courrieros após uma viagem à Nova York, onde conheci o serviço”, conta.

Para o sócio da Carbono Zero, os principais benefícios da entrega sustentável é a utilização de transporte limpo, que não polui e não emite gases de efeito estufa. “Hoje todos os nossos clientes conseguem saber e perceber a contribuição ao planeta. Emitimos relatórios ambientais disponibilizados online para que fiquem cientes e disseminem a informação” diz Rafael. Já Victor procura mostrar aos clientes alguns valores perdidos nos últimos anos na prestação de serviço. “Segurança, agilidade, sustentabilidade e um bom atendimento são algumas das qualidades que vendemos com os nossos serviços”, ressalta.

As duas empresas atendem toda a Região Metropolitana de São Paulo com um time em média de 35 funcionários. Apesar da expansão das ciclovias na cidade nos últimos meses, os empreendedores afirmam que isso não ajudou de fato os entregadores, pois a maioria dos caminhos utilizados não possuem ciclovias. “Algumas rotas até estão com locomoção mais fácil, mas a maior dificuldade continua sendo a falta de cultura do paulistano em relação ao deslocamento de bikes pela cidade”, comenta Victor.

Para Rafael, mais que resultados financeiros e econômicos, a Carbono Zero cumpriu nesses quatro anos sua missão. “Demos o exemplo e mostramos que é possível fazer negócios pensando não só no lucro, mas no planeta e nas pessoas”. Até o final de 2014, a empresa acredita que mais de 41 toneladas de CO² deixarão de poluir o planeta.

 

Anúncios

Sobre grappiando

Grappa Editora e Comunicação

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Grappa tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: